NUNCA DESISTA DOS SEUS SONHOS, NEM POR UM SEGUNDO...

NUNCA DESISTA DOS SEUS SONHOS, MESMO QUANDO TE OLHAM NOS OLHOS E TE DIZEM NÃO...

sábado, 8 de janeiro de 2011

Vale a pena fazer medicina no Paraguai?

Amigos sonhadores e sonhadoras;

Todos querem a resposta para esta pergunta e neste post você estará totalmente esclarecido sobre o assunto!
Tenho me interado por meio de notícias e ou artigos que tem este tema, não somente na internete mas também procurando a informação junto aos orgãos e pessoas realmente competentes a assuntos pertinentes a esta questão.
Verdades e mentiras.
...Medicina sem vestibular-------Verdade.
...O preço é bem razoável-------Verdade.
...Meuzinho na chupeta----------Mentira.
...É tudo muito simples-----------Mentira. 
Normalmente as salas de aula começam com 100 ou 110 alunos, no primeiro ano a desistência é de 30%.
Chegam ao fim do curso uma média de 25 alunos.
Vale ou não?
Na verdade, depende. (calma não se decepcione)
Depende de onde você quer chegar! (hum... vái falando...)
Se é apenas uma realização pessoal ou um sonho que é seu e de sua família, se você não se importar de ter que brigar com as autoridades do seu país para poder exercer a profissão, se não tiver medo de passar seis anos estudando em um país que não é o seu e sendo assim você não poderá fazer aquelas festinhas que estamos acostumados a ver nas casas de estudantes aqui no Brasil, ter aulas em um idioma diferente aos seus ouvidos e olhos, o preconceito das pessoas próximas a você, (- Á medicina no Paraguai credo!), preconceito dos colegas de escola, das antigas, e por último e não menos importante uma prova que nem os formandos de medicina de universidades nacionais se sairiam bem! 

Se a sua resposta a estes questionamentos for:

a.(   ) "Num tem problema naum."          Não vale a pena.
b.(   ) "Meu pai tem dinheiro..."              Vale a pena.
c.(   ) "Que absurdo, mas eu vou."          Vale a pena.
d.(   ) "Depois nóis vê isso..."                  Não vale a pena.
e.(    ) "Vou procurar saber mais..."         Vale a pena.


Sendo mais direto, os orgãos responsáveis para fazer a REVALIDAÇÃO do DIPLOMA DE MÉDICO EXPEDIDO POR UNIVERSIDADE ESTRANGEIRA, este é o nome da "coisa", estão quase se acertando quanto a maneira de realizar a revalidação. De um lado médicos já formados querendo o direito de exercer legalmente o ofício em que tanto se empenharam, e do outro, CRMs, universidades prívadas, a população leiga e instituições públicas de carater dúvidoso que querem puxar o freio de mão dos projetos para revalidação.
No meio de tudo isso o MEC, o INEP, o MINISTÉRIO DA SAÚDE etc. foram precionados por bons advogados, fazendo-se assim surgir uma luz. Uma luz aínda de pouco brilho mas que promete por um fim na guerra dos diplomas médicos estrangeiros.

O "bebê" tem o nome de Projeto Piloto e neste ano de 2010 recebeu mais de 600 pedidos revalidação, isso já tirando cerca de 120 pedidos que foram indefiridos por universidades que não aceitaram a carga horária especificada no seu histórico de competência ou diploma universitário.
Bem eram pouco mais de 700 depois 600 na primeira etapa em Brasília prova escrita e discursiva ,apenas 02 aprovados para a segunda etapa a prova prática que graças a Deus e a méritos próprios,  também foram aprovadas... 
É isso mesmo, duas médicas...


COMENTEM, PERGUNTEM VAMOS FAZER ESTA QUESTÃO TOMAR CONTA DAS MÍDIAS!
                                                                                                                                                    continua 
 

2 comentários:

  1. por favor, me envie um email para que eu te envie minhas duvidas.
    obrigado!
    pmm1608@gmail.com

    ResponderExcluir
  2. OLÁ
    SOU ANA CAROLINA CORDENADORA DA UPAP CDE PY - PODEMOS ESCLARECER ALGUMAS DUVIDAS SUAS E SE OPTAR EM ME TELEFONAR 45 9923 6343 TIM
    ESTAREMOS ESPERNADO POR VOCE!!!

    ResponderExcluir